A cidade do sol (Resenha)

A Cidade do
Sol  
Khaled Hosseini

ISBN-13: 9788520935521
ISBN-10: 8520935524
Ano: 2013 / Páginas: 368
Idioma: português
Editora: Nova Fronteira

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: “Você pode ser tudo o que quiser.” Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do “todo humano”, somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.

Sinopse: Skoob

ArquivoExibir

“Assim como uma   bússola precisa apontar para o norte, assim também o dedo acusador de um homem sempre encontra um mulher á sua frente, sempre. Nunca se esqueça disso”.

 Mariam, personagem central de  : “A cidade do sol” sempre ouvia de sua mãe, está frase.  Nana. é uma mulher, cheia de dores e rancores. Mariam cresceu ouvindo a mãe colocar sobre os seus ombros  toda a infelicidade, e os sacrifícios feito  por, ela.  Era culpa da pequena e inocente  Mariam. Ela tinha cinco anos quando ouviu a mãe chamá-la pela primeira vez de “Harami” que significa bastarda. A menina é  fruto de uma relação ilegítima. Seu pai Jalil é um homem rico,  têm  três esposas e nove filhos legítimos e Mariam.  Nana, era empregada na casa de Jalil, quando a barriga da moça cresceu, a família de Jalil, o pressionou para despedir Nana. Assim ele fez. Mariam cresceu distante de tudo, vivia em um mundo a parte, seu pai ia visitá-la, uma vez por semana. Onde ela mora em uma Kolba. Perto de um riacho. Tudo o que a menina conhece  fora daquele lugar são as histórias contada pelo, pai, que fala sobre, filmes e  sorvetes. Miriam vive deste lugar até seus  15 anos com a mãe…

A cidade do sol é dividida em quatro partes: A história começa quando Mariam tem cinco anos e volta um pouco no tempo, para 1959. Ano em que Mariam nasceu   E termina  em 2003.

Mariam não é a única personagem, que tem destaque, na história. Laila também é uma notável, e apaixonante personagem. A cidade do sol, tem como tema as mulheres. Mulheres, que vivem, de formas diferentes, em um país, de cultura totalmente, diferente, no que estamos acostumadas. Mulheres que muitas vezes se vestem de burca, outras usam lenços, essas pequenas e significantes, variações, em seus comportamentos, depende, de duas coisas: do governo, e dos esposos.

Uma das partes, mais tristes, desta história, é quando, se relata a covardia de um homem. Diante da fragilidade, de uma mulher, a fragilidade, não é apenas física, como também cultural, e jurídica.  A mulher só tem um direito: obedecer ao marido. Diante da lei ela só encontra, punições, nunca defesa.

Laila. tem nove anos é uma linda menina, que adora estudar. Tem muitos sonhos, encorajada belo pai que é professor, sonha em ter uma profissão e fazer, muita diferença para seu país, onde mulheres  que trabalham  ainda é um tabu, poucas têm  o privilégio, de seguir uma carreira. Pois a maioria das meninas, tem seus destinos traçados desde  muito sendo.  Quando são  entregues    pelos próprios pais,para se casarem.  e na maioria das vezes, estes homens, são bem mais velhos que as meninas. Laila é uma menina muito solitária, seus irmãos foram para guerra, quando Laila ainda era muito pequena. Sua mãe, vive entre momentos de alegria, e depressão, muitas vezes, Laila é quem cuida da casa  enquanto sua mãe fica trancafiada por dias no quarto. Laila encontra alegria e refugio na amizade com Tariq, seu vizinho, ela também adora almoçar na casa do menino, onde ela sente um clima verdadeiramente de um lar feliz. Pois em sua casa não existe   paz, deste que os irmãos foram para guerra, a mãe de Laila, vive distante dela e do marido. Um homem paciente e amoroso.

Em um dado momento, da história, essas duas, mulheres, (Laila já será uma moça) irão, viver uma bela e forte, amizade.  Através de Mariam e Laila, Hosseini, assim como em “O caçador de pipas”, volta a nos emocionar, abordando mais uma vez a importância, e o valor, de  uma verdadeira, amizade.

A cidade do sol. Por ser uma linda, homenagem, a todas, as mulheres . Me  atrevo a dizer, que  é mais, surpreendente,  emocionante que:  “O caçador de pipas”. Em especial, quando, se  relata, três realidades, sobre as mulheres: As que se sacrificam, diariamente, para criar os filhos. As que perdem seus filhos nas guerras. E por fim as mulheres, que não podem ter filhos.

Em um país, marcado por décadas de guerras, Hosseini, de maneira, surpreendente, nos apresenta  uma história, que tem registros reais, de guerras,  e conflitos políticos, que se adéqua a vida e ao destino dos personagens. Chegando a citar os atentados de 11 de setembro. de 2001. Este livro  mistura  ficção, e realidade.

 

Tanto “O  caçador de pipas, e “A cidade do sol” nos deixa sempre uma mensagem de esperança e recomeço. Assim como o sol, nossa, esperança tem que renascer todos os dias. Pra a vida,valer apena.
Espero que esta resenha tenha ajudado você, que busca alguma referencia, sobre este livro. Que pode ser definido em apenas duas palavras: Emocionante e Perfeito.

Obrigado pela visita.

Por Bia Oliveira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s