Armadilhas da Mente (Resenha)

Armadilhas da mente

Augusto Cury

ISBN-13: 9788580411614
ISBN-10: 8580411610
Ano: 2013 / Páginas: 270
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Camille é mulher bela, rica e brilhante, capaz de deixar as pessoas impressionadas com sua habilidade de debater e argumentar. Mas seus diplomas e seu intelecto não foram suficientes para evitar que se tornasse vítima de suas próprias emoções.

Casada com o banqueiro Marco Túlio, Camille sempre foi fechada em seu próprio mundo.Crítica, obsessiva, pessimista, não gostava de ser confrontada e não se curvava diante de ninguém, nem de psiquiatras ou psicólogos. Não concluía nenhum tratamento.

Vendo a depressão, as manias e as fobias de sua esposa se agravarem, Marco Túlio resolve comprar uma linda fazenda para que ela possa se afastar do estresse da cidade, respirar ar puro, se reconectar com a natureza e, quem sabe, com ela mesma.

Mesmo assim, transtornos mentais a impedem de sair de casa e pesadelos constantes não a deixam dormir. Enclausurada em sua própria mente, Camille piora a olhos vistos.
A reviravolta, porém, muitas vezes começa onde menos se espera. Quando conhece o excêntrico jardineiro da fazenda, Camille se surpreende com sua inteligência e, ao interagir com ele, a alegria volta pouco a pouco ao seu coração.

Em seguida entra na sua vida o sábio e instigante psiquiatra Marco Polo, que a estimula a superar os conflitos e procurar um personagem que deixara pelo caminho: ela mesma. Camille terá que aprender a se perdoar e a compreender pessoas “imperdoáveis”.

Profundo e emocionante, Armadilhas da mente é uma aula de filosofia e psicologia, que mostra que os labirintos da psique humana são bem mais complexos do que qualquer um de nós é capaz de imaginar.

Sinopse: Skoob


Olá amigos !!!
Tenho, novidades. o livro Armadilhas da mente de Augusto Cury. Um dos meus escritores favoritos, após, já ter lido o 14° livro do autor, reafirmo a minha admiração e paixão, pelos livros do Augusto Cury. É maravilhoso, quando você, já conhece a linguagem do autor, que em um dado momento até pode parecer, repetitivo e mesmo assim, o autor, consegue, te prender e te surpreender,como se você tivesse, lendo o primeiro livro.

Minha experiência, literária, me leva a questionar, que não devemos, julgar um livro, por uma resenha. Claro que as resenhas tem seu valor, por isso, este blog existe. Mas não basta, a resenha, pela resenha, livro é semelhante a música, tem que haver identificação  com o estilo, e gosto de cada leitor. Porém conhecer, um livro, é mais difícil, do que ouvir música. Livro leva tempo para ser lido…  depois de tanto blá, blá, blá… O que realmente quero dizer é que, se você quiser ler algum livro do Augusto Cury, você terá que gostar, de filosofia, ter curiosidade, sobre pedagogia, psicologia e etc.

Este é o segundo romance do escritor. Romance: é um linguagem literária, que se aplica a uma história, que tem começo meio e fim. Não necessariamente, é  uma história de amor. Porém tanto Armadilhas da Mente, Quanto o futuro da Humanidade. são  romances  tanto, como figura de linguagem, tanto como são duas lindas histórias de amor.

Em Armadilhas da Mente a história se passa entre o casal Camille e Marco Túlio. Marco Túlio é um ocupado, e rico, banqueiro. Camille, uma intelectual, escritora dona  de  uma inteligência, admirável. A história, aborda temas como qualidade de vida, sobre a difícil, convivência, de casais que não tem tempo, para uma vida com pequenos prazeres diários. Tipo um casal  trabalha um ano inteiro, para juntar dinheiro e poder fazer a viagem dos sonhos, mas quanto tempo juntos teve que ser sacrificado, para que se trabalhasse, para fazer essa viagem? “Sacrificamos o presente, para construir o incerto futuro, que talvez, nem chegue a ser vivido”. ( filosofei, efeito colateral deste livro). Marco Polo. personagem, no livro O futuro da Humanidade, reaparece, nesta história o psiquiatra, que irá ajudar Camille a reconstruir, a sua história reeditando seus traumas. Em seus livro Cury, aborda de maneira sutil sua teoria  da inteligência Multifocal. Mas não se assuste, isso não irá deixar de emocionar, e de te surpreender. A leitura é muito boa desde que você se sinta atraído, por tal assunto. Mas em muitos momentos a gente pode sim se identificar, com alguma, dor ou trauma da personagem, os personagens são fictícios,mas os acontecimentos e traumas, são bem reais, já que a maior fonte de inspiração do autor são suas. mais de 20 mil sessões de psicoterapia e consultas psiquiátricas.

Camille é uma mulher rica inteligentíssima, porém com muitos transtornos, e usa sua inteligência, para se defender, de muitos especialistas, que sem sucesso, atende a intelectual. Até que ela sai da cidade grande e vai morar em uma linda fazenda: A fazenda monte belo.

Na Fazenda  Camille conhece,o  humilde e simpático, jardineiro: Zé do não, ou Zenão. Zenão tem este apelido, porque durante um período, de sua vida, era um homem negativo, que não tinha nem uma razão pra viver, assim como Camille teve seus traumas, perdas e dores. Mas graças ao amigo e  doutor Marco Polo, conseguir transformar sua vida, pra melhor. Marco Polo, por indicação, do Zenão, ao marido de Camille, pede para que Marco Polo, atenda sua esposa. O doutor aceita o desafio, quase impossível, e chega, de madeira muito cuidadosa e despretensiosa, na fazenda, Belo Monte. Pela primeira vez Camille encontra, alguém que não resume ela a seus traumas, mas que a ajuda, a vencer seus traumas, usando, a sua melhor arma, a inteligência.

 “Não há mentes impenetráveis, apenas chaves erradas” (Augusto Cury)

Mas Zenão  tinha em comum com a doutora Camille, a a filosofia.  Ele também conhecia, um pouco de filosofia, mas para preconceituosa, escritora, um simples e feliz jardineiro conhecer um pouco de filosofia, já era algo extremamente, espantoso.

Esse, especial personagem irá transformar todo, preconceito, que Camille, tem sobre ele, em uma lida e frutuosa admiração. Camille passa por uma transformação, em sua emoção e   resgata, seus mais preciosos tesouros, os quais dinheiro nenhum  pode comprar. A satisfação de uma felicidade, alicerçada, no perdão, na compreensão e no amor.

Em breve estarei postando frases deste mesmo livro. Bjs e até logo

OBS: Neste livro, muitos filósofos foram
mencionados: Heme, Kant, Husserl, Hegel,Camille Claudel, Voltare, Nietzsche, Arthur Schopenhauer, Sigmund Freud, Jean-Jaques Rousseau entre outros.

Por Bia Oliveira


Sobre o Autor

O escritor mais lido da década. Livros publicados em mais de 70 países!
Ao longo de 25 anos de carreira, atuando como psiquiatra, pesquisador e escritor, o Dr. Augusto Cury alcançou o reconhecimento nacional e internacional, tornando-se o autor mais lido da última década, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo e revista Veja. Seus livros são publicados em mais de 60 países. Recebeu o prêmio de melhor ficção do ano de 2009 da Academia Chinesa de Literatura, pelo livro – O Vendedor de Sonhos – que em 2015 será lançado como filme nos cinemas. Dr. Augusto Cury é autor da teoria Inteligência Multifocal, que analisa o processo de construção dos pensamentos, sendo um dos poucos pensadores vivos cuja teoria é estudada em cursos de mestrado e doutorado nos EUA, Europa e Brasil.

Fonte:  http://grupoaugustocury.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s